O QUE FIZEMOS NA QUARENTENA

Atualizado: 17 de set. de 2020

Você tem dormido bem? Se alimentado bem? Essa é um pouco relativa, mas de forma geral; tem alongado seu corpo frequentemente? Tem tomado um pouco de sol?

O isolamento e o distanciamento social fizeram com que muitas pessoas mudassem os planos esse ano. Viagens e passeios estão na lista de programações adiadas. Toda essa situação, pelo tempo que está durando e série de incertezas provoca estresse, mal estar, ansiedade entre tantas outras coisas.


Cientistas já levantaram uma pesquisa que mostra que a exposição a espaços verdes naturais, como parques, montanhas e praias, tem propriedades curativas na sua saúde e bem-estar físico e mental. Reduz a ansiedade, previne a depressão e reduz riscos de doenças cardiovasculares. Acredita-se que a antiga prática japonesa de banho na floresta ou shinrin-yoku (que significa “absorver a floresta”) proporcione redução do estresse, relaxamento e insights mais profundos da vida. Os cientistas descobriram que o banho na floresta reduz o cortisol e a depressão em adultos e aumenta a atividade das células que combatem infecções e câncer.

Esse período é uma oportunidade. Aliás, várias. A origem das coisas e dos alimentos, por exemplo: pensar em atividades que levem em consideração a origem das coisas, de onde vêm os alimentos, de que são feitos os materiais que vemos ou usamos. Poder observar as mudanças das estações, do clima, do tempo de crescimento de uma planta.


Neste período de quarentena, acabamos fechando o portão do sítio e fizemos uma imersão. Plantamos, plantamos e plantamos. Transformamos os espaços. Criamos algumas trilhas, e tentamos utilizar esse "tempo"para colocar em prática alguns sonhos.


Nas poucas visitas que recebemos neste período, deixou mais claro o que já era evidente: o contato com a natureza é muito poderoso. Alegra, equilibra, recarrega, energiza e ensina.


Sem dúvida, após tanto tempo dentro de casa, as pessoas terão mais vontade de aproveitar a vida, ir a novos locais e eu acredito que na maioria das vezes serão lugares com muita presença da natureza. E com isso temos pensando muito em como vamos voltar a receber, e para isso estamos preparando um novo formato, que vamos revelar em breve no próximo post.




0 comentário

Posts recentes

Ver tudo